quinta-feira, 17 de novembro de 2016

ÍNDIOS: OS YANOMAMI ISOLADOS DA AMAZÔNIA

Novas fotos incríveis de tribo isolada na Amazônia – que pode ser exterminada

http://www.survivalinternational.org/
© Guilherme Gnipper Trevisan/Hutukara 

"Yano de indígenas Yanomami isolados na Amazônia brasileira, fotografia aérea, 2016"

*Novas fotos aéreas extraordinárias mostram uma comunidade indígena isolada contemporânea na Amazônia, lar para cerca de 100 pessoas.

A aldeia fica na Terra Indígena Yanomami em Roraima. Cerca de 22,000 Yanomami vivem no lado brasileiro da fronteira, e pelo menos três grupos deles não possuem contato com pessoas de fora. Eles são extremamente vulneráveis à violência e a doenças trazidas por forasteiros.

Quando suas terras são protegidas, tribos isoladas podem prosperar. No entanto, essa área está sendo atualmente invadida por mais de 5,000 garimpeiros ilegais, o que tem criado preocupações sérias que algumas das pessoas mais vulneráveis do planeta possam ser exterminadas. 

"Yano de indígenas isolados na reserva Yanomami. Sabe-se que pelo menos 3 grupos são isolados." © Guilherme Gnipper Trevisan/Hutukara

Garimpeiros trouxeram doenças como malária à região e poluíram as fontes de alimento e água dos Yanomami com mercúrio, levando à uma grave crise sanitária.
O xamã e ativista Yanomami, Davi Kopenawa Yanomami disse: “Os lugares onde os índios isolados vivem, pescam, caçam e plantam devem ser protegidos. O mundo inteiro precisa saber que eles estão em sua floresta e que as autoridades devem respeitar seu direito de viver ali.” Davi é o presidente da Hutukara Associação Yanomami e é conhecido como o “Dalai Lama da Floresta.”

Davi também disse: “Os garimpeiros estão espalhados. Eles são como cupim – eles sempre voltam e não nos deixam em paz..”

Agentes do governo brasileiro – servidores da FUNAI (Fundação Nacional do Índio) – são responsáveis pela proteção do território Yanomami. Mas, atualmente, eles estão enfrentando grandes cortes orçamentários como parte de planos de alguns políticos de enfraquecer drasticamente a proteção das terras e os direitos dos indígenas no país.

Sem o apoio necessário, o time responsável pela região dos Yanomami não conseguirá proteger o território de invasores, e pode inclusive ser desativado completamente. Isso deixaria os Yanomami isolados sob risco de serem aniquilados.
 "Fotografia aérea de Indígenas Yanomami isolados próximo da fronteira com a Venezuela. Eles aparentam estarem saudáveis e sua população parece ter crescido."
© Guilherme Gnipper Trevisan/Hutukara

Contexto histórico

- Os Yanomami são uma das maiores tribos relativamente isoladas na América do Sul. Eles vivem nas florestas e montanhas do norte do Brasil e sul da Venezuela. Hoje, sua população total é de cerca de 35.000 indígenas.

- A Terra Indígena Yanomami foi criada em 1992, após uma campanha que durou muitos anos realizada por Davi Kopenawa Yanomami, Survival International, e a Comissão Pró-Yanomami (CCPY).

- Antes da criação da reserva, os Yanomami estavam sendo dizimados pela violência de estranhos e por doenças como a gripe e o sarampo, às quais eles não tinham resistência, trazidas ao território por garimpeiros ilegais e outros invasores. O território lhes deu a chance de determinar seus próprios futuros e a tribo agora se recuperou em grande parte, após décadas de caos.

- No entanto, a FUNAI (Fundação Nacional do Índio), responsável pela proteção de territórios como esse, está enfrentando graves cortes orçamentários. Receia-se que seis das 12 Frentes de Proteção Etnoambiental para indígenas isolados possam ser fechadas – inclusive aquela dedicada a proteger os Yanomami.

- Indígenas Yanomami isolados indicaram claramente seu desejo de se manter isolados – fugindo de forasteiros e evitando membros contatados da tribo.

- Essa fotos mostram um yano Yanomami típico, uma grande maloca onde vivem diversas famílias. Cada uma das áreas quadradas do yano é lar para uma família diferente, onde eles penduram suas redes, fazem fogueiras, e mantêm alimentados estocados.

- Os Yanomami têm um enorme conhecimento botânico e usam cerca de 500 plantas para alimento, medicina e construção de casas. Eles se autossustentam parcialmente através da caça, coleta e pesca, mas plantações como mandioca e bananas também são cultivadas em grandes jardins abertos na floresta.

- Xamãs Yanomami são os líderes espirituais de sua comunidade. Eles inalam um rapé alucinógeno chamado yakoana, o qual eles acreditam que permite que eles se comuniquem com o mundo espiritual. 
"Vista aérea de indígenas Yanomami isolados no centro de seu Yano, onde estima-se que vivam cerca de 100 indivíduos." © Guilherme Gnipper Trevisan/Hutukara

Os indígenas isolados não são atrasados ou relíquias primitivas de um passado remoto. Eles são nossos contemporâneos e parte vital da diversidade humana. Onde seus direitos são respeitados, eles continuam a prosperar.

Seu conhecimento é insubstituível e foi desenvolvido ao longo de milhares de anos. Os indígenas isolados são os melhores guardiões de seu ambiente. E evidências provam que territórios indígenas são as melhores barreiras ao desmatamento.

A Survival International se opõe a tentativas de forasteiros de contatá-los. É sempre fatal, e iniciar o contato deve vir da livre escolha dos próprios indígenas isolados. Aqueles que entram em territórios de tribos isoladas os negam dessa chance.

O diretor da Survival, Stephen Corry, disse: “Essas imagens extraordinárias são uma prova ainda maior da existência de ainda mais tribos isoladas. Eles não são selvagens mas sociedades complexas e contemporâneas cujos direitos devem ser respeitados. É obvio que eles são perfeitamente capazes de viver com êxito sem nenhuma necessidade de noções de forasteiros de “progresso” e “desenvolvimento.” Todas as tribos isoladas enfrentam uma catástrofe, a não ser que suas terras sejam protegidas.

Estamos fazendo tudo o que podemos para garanti-las a essas tribos e dar-lhes a oportunidade de determinar seus próprios futuros.” 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual sua opinião sobre isso?