sexta-feira, 4 de setembro de 2015

SELFIE: QUAL O MELHOR CELULAR?

Qual o melhor celular para tirar selfies? UOL Tecnologia testou
Maria Beatriz Vaccari
Colaboração para o UOL, em São Paulo
Sony, LG, Microsoft, Motorola ou Samsung? Veja qual é o melhor smartphone para selfies. O UOL Tecnologia avaliou a qualidade da câmera, as opções de filtros e possíveis efeitos gráficos de dispositivos das respectivas marcas para ajudar o usuário a fazer a sua escolha Reinaldo Canato/UOL

Com a popularização das selfies, algumas fabricantes de smartphones decidiram lançar aparelhos com funções específicas para quem gosta de tirar autorretratos. Qualidade da câmera, filtros e possibilidade de adicionar efeitos gráficos são alguns dos fatores que ajudam a conquistar clientes.
UOL Tecnologia avaliou, comparativamente, telefones que têm como diferencial a qualidade das selfies. De acordo com fabricantes, os modelos indicados para ótimos autorretratos são Samsung Galaxy S6 Edge, Motorola Moto X Play, LG G4, Sony Xperia C4 Selfie Dual e Microsoft Lumia 535 Dual SIM. Todos eles foram avaliados por 10 dias.

De forma geral, o Samsung foi o que melhor se saiu quando o assunto é selfie - quase não há críticas em relação a essa função. As imagens ficam muito boas, principalmente quando há bastante luz, e a usabilidade, por conta do sensor na parte traseira, é excelente. O que pode ser considerado um ponto bastante negativo é o preço de mais de R$ 4.000 - bastante salgado se o usuário optar por um celular somente para fazer autorretratos. 
Veja abaixo quais os aspectos a considerar antes de optar por um desses aparelhos. Vale ressaltar que não basta apenas comparar os smartphones com base na quantidade de megapixels das câmeras, já que o recurso está atrelado ao tamanho das fotos, não necessariamente à qualidade.
1. Fotos em ambientes iluminados

Em ambientes de bastante luminosidade, todos os smartphones testados são capazes de tirar boas selfies, com pequenas variações na coloração, que para leigos pode até passar despercebidas.
Mas, o Samsung Galaxy S6 Edge --com câmera frontal de 5 MP-- destacou-se entre os concorrentes por garantir cores vivas e vibrantes, e por preservar os detalhes até nas imagens de segundo plano dos autorretratos.

2. Fotos em ambientes adversos

A luz é uma grande aliada das fotografias. Mas, se você pretende comprar um celular com a intensão de conseguir ter boas imagens nas mais diversas situações, é preciso se atentar à capacidade de suas câmeras em ambientes de baixa luminosidade.
Nesse quesito, quem sai na frente é o Xperia C4 Selfie Dual, o único entre os aparelhos testados que conta com flash embutido no sensor frontal de 5 MP. E, por motivos óbvios, é o modelo que faz as melhores fotos em ambientes escuros. Ainda que o aparelho da Sony tenha apresentado demora no tempo de resposta ao comando das captações de imagens.

Mesmo sem flash, o Samsung e o Motorola Moto X Play apresentam soluções para autorretratos feitos em ambientes com baixa luminosidade, mas que não são suficientes para fotos no escuro, como, por exemplo, em baladas. O Galaxy S6 Edge conta com o modo HDR --que capta imagens com diferentes exposições à luz e depois as une. Já quem optar pelo Moto X pode recorrer ao display do aparelho, que exibe uma luz forte e branca. Em ambientes extremamente escuros, o modelo apenas "clareia" a área, não apresentando fotos realmente nítidas. 

Com câmera frontal de 5 MP, o aparelho da Motorola também se destaca por sua proteção contra pingos de água. Para usuários que desejam tirar selfies em piscinas, cachoeiras ou até mesmo na chuva, o telefone é o ideal. A empresa, no entanto, não recomenda o contato do smartphone com água salgada. Ou seja, nada de selfies no mar.

3. Recursos

Mesmo que esse não seja o quesito de maior relevância, pode ser usado como um diferencial em um possível empate. Nesse caso, quem chama a atenção é o LG G4, que é recheado de recursos avançados (também conhecidos como "gracinhas"). Um destaque é a função Quick Selfie, que capta quatro imagens seguidas - em intervalos de dois segundos - para que o usuário selecione a melhor. Para ativá-la, bastam gestos rápidos. É necessário acionar o botão do obturador e abrir e fechar a mão duas vezes. Mas alguns recursos engasgam quando o usuário tenta utilizá-los - nos testes do UOL Tecnologia, o comando de voz para selfies nem sempre atendeu prontamente a reportagem.

O smartphone também conta com a ferramenta Dual Camera. Nela, é possível captar retratos que mesclam a imagem da câmera frontal (8 MP) com a da principal (16 MP), assim como o Lumia 535 Dual SIM  --com sensores de 5MP. Com a função habilitada, o smartphone da Microsoft reconhece o rosto do usuário e captura a imagem automaticamente. Nos testes realizados pela reportagem, essa funcionalidade se mostrou perfeita.

O Lumia conta ainda com algumas outras firulas. Depois que a foto já está pronta, é possível aplicar efeitos para personalizar e editar o autorretrato por meio do próprio aparelho. O usuário consegue afinar o rosto, aumentar os olhos, aplicar efeito de espelho, mexer no sorriso, nos dentes e até na tonalidade da imagem. São 20 opções de filtros que podem ser adicionadas após a captura.
Outra opção bacana do aparelho da LG é a possibilidade de tirar fotos sem a necessidade de apertar botões. Para a selfie, basta dizer palavras como "Cheese", "Smile" ou "Whisky". Assim, o usuário tem mais firmeza na hora de segurar o dispositivo e pode melhorar relativamente a qualidade das imagens.
Recurso similar a do S6 Edge, que ainda permite a captura de imagem apenas tocando no sensor de frequência cardíaca, que está localizado na parte traseira do aparelho. Como os dedos já ficam posicionados na parte de trás do telefone, fica muito mais fácil registrar o autorretrato. Outro diferencial do S6 Edge está no modo Selfie Panorâmica, que permite que mais pessoas caibam em sua foto sem a necessidade do "pau de selfie".  Além disso, o usuário pode optar por uma ferramenta de eliminação de ruídos que ajuda a disfarçar imperfeições de pele de forma pouco artificial.
O celular da Sony oferece muitos tipos de configurações e efeitos. Dentre eles: opções de pele macia, lábio vermelho, luz do sol, bolhas, mascarar rosto e mesclar imagem da câmera principal como a da frontal.  As opções Diversão RA e Efeito RA adicionam objetos e personagens aos retratos. O touch do aparelho deixa um pouco a desejar, já que durante os testes realizados pelo UOL Tecnologia a equipe teve que clicar muitas vezes na tela para que a foto fosse captada. O modelo também esquentou bastante depois de aproximadamente 3 minutos tirando selfies. 

4. Custo-benefício

As diferenças nesse item são gritantes. O mais barato entre os dispositivos avaliados é o Microsoft Lumia 535 Dual SIM, que é vendido a R$ 599. Na outra ponta está o S6 Edge, que custa de R$ 3.499 (32 GB) a R$ 4.299 (64 GB).
O Sony Xperia C4 Selfie Dual pode ser encontrado por R$ 1,400 (16 GB), valor um pouco mais baixo que o Moto X Play (R$ 1.499), mas muito menos salgado do que o LG G4 (de R$ 2.949 a R$ 2.999). Quanto você está disposto a gastar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual sua opinião sobre isso?