terça-feira, 26 de maio de 2015

APOSENTADORIA: QUAL A MELHOR DATA PARA SE APOSENTAR?

Saiba quando e como se aposentar 

no INSS

Publicado por Luiza Reisdorfer Benites 

Sua aposentadoria depende de planejamento! As freqüentes alterações na lei acerca das aposentadorias têm gerado muitas dúvidas nos contribuintes. Muitas vezes, por falta de informação, os contribuintes pedem diretamente sua aposentadoria no INSS, sem saber se o pedido foi encaminhado corretamente, se todos os documentos necessários estão sendo apresentados ou se o momento da solicitação era o mais apropriado.
A única forma de conseguir um benefício com valor significativo é fazer, com antecedência, a programação da aposentadoria para saber qual é a aposentadoria mais vantajosa a pedir e quando é o melhor momento para solicitá-la e se o seu valor estará dentro das suas necessidades.
Portanto, antes de requerer sua aposentadoria, o contribuinte deve se informar sobre os diferentes tipos de aposentadoria (por idadepor invalidezpor tempo de contribuição ou especial em atividades insalubres/periculosas/penosas) e se certificar sobre qual o tipo que melhor se adapta à sua condição de contribuinte. Além disso, é importante saber o que pode ser contado como tempo de serviço, como por exemplo, o tempo de trabalho rural, militar, como aluno-aprendiz em cursos técnicos, o período de auxílio-doença, etc.
Além disso, é possível aumentar o tempo de serviço se você exerceu atividades insalubres/periculosas/penosas (a cada 4 anos de trabalho exercido nessas condições especiais, você ganha 1 ano a mais).
O momento correto para requerer o benefício também é importante. Requerer a aposentadoria antes do tempo pode impor uma redução de mais de 30% no valor do salário de benefício, em razão do fator previdenciário. Por isso, é necessário fazer simulações do tempo de contribuição e renda mensal inicial.
Para evitar problemas, orientamos todos os contribuintes a procurarem aconselhamento profissional especializado antes de realizar o requerimento de aposentadoria no INSS. Pequenos detalhes na hora de solicitar a aposentadoria podem transformar seu descanso merecido num incômodo desnecessário.
Luiza Reisdorfer Benites
ADVOGADA PREVIDENCIÁRIA

Advogada especialista em Direito Previdenciário com atuação em processos administrativos (INSS) e judiciais (Justiça Federal). Sócia do escritório Benites e Reisdorfer Advogados, com sede no Centro de Porto Alegre/RS. Encaminha aposentadorias, auxílio-doença, pensão por morte, benefício assistencial...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual sua opinião sobre isso?