quarta-feira, 4 de março de 2015

HISTÓRIA: O LETREIRO DE HOLLYWOOD

Símbolo de Los Angeles, letreiro de Hollywood 'esconde' curiosidades surpreendentes
Construída há 90 anos, as tradicionais letras começaram como uma ação de marketing e se transformaram no símbolo da cidade. O local, que foi ponto de suicídio de uma atriz, já 'homenageou' a aprovação de leis mais brandas para o uso da maconha
  Publicado por l em Ao longo dos últimos 90 anos, o letreiro passou por altos e baixos e quase chegou a ser desativado por falta de manutenção
Ao longo dos últimos 90 anos, o letreiro passou por altos e baixos e quase chegou a ser desativado por falta de manutenção - Foto: Mike Thomson

O Cristo Redentor está para o Rio de Janeiro assim como o letreiro de "Hollywood" está para Los Angeles. Ícone pop da cidade, o local é o símbolo de todo o poderio e dinheiro da indústria cinematográfica. Instaladas inicialmente na década de 1920, as enormes letras fazem jus a sua importância com um tamanho monumental de 14m de altura por até 9,1m de largura. O local começou como uma ação publicitária e se transformou no símbolo da cidade.
Ao longo dos últimos 90 anos, o letreiro passou por altos e baixos e quase chegou a ser desativado por falta de manutenção. Contudo, ações de restauro fizeram com que as letras mais famosas do mundo voltassem aos seus áureos tempos de glamour. Localizado na região sul do Monte Lee, no Parque Griffith, o monumento foi erguido num terreno de difícil acesso, mas que facilitava a visão das famosas letras mesmo a longa distância. Desde 2000, a polícia local instalou um sistema de segurança que detecta movimentos no perímetro das peças que quando é ativado dispara um alarme na Central de Monitoramento.
Hollywoodland
Foto datada de 1923, quando o letreiro ainda apresentava o trecho 'land' na palavra Hollywood
Foto datada de 1923, quando o letreiro ainda apresentava o trecho 'land' na palavra Hollywood - Foto: Divulgação/Hollywood Sign Trust

Poucos sabem, mas o famoso letreiro quando foi inaugurado era um 'pouco' diferente. Na época da instalação das enormes letras, a intenção era fazer uma ação publicitária sobre um condomínio que estava sendo construído no local que se chamava 'Hollywoodland'. Apenas em 1949, o trecho 'land' foi retirado e deu origem ao atual letreiro. No período da instalação ainda foram colocadas cerca de 4 mil lâmpadas que piscavam durante a noite para chamar a atenção de possíveis compradores.
Letreiro possui 92 anos
Projetado em 1921 e inaugurado em 1923, o letreiro foi idealizado por H. J. Whitley e era um pouco maior do que atualmente. Quando instaladas, as letras possuíam 14 metros de altura por até 12 metros de largura, além de 4 mil lâmpadas. Originalmente, o letreiro deveria permanecer por apenas 18 meses e ser retirado, mas o sucesso foi tão grande que está no local há mais de nove décadas.
Abandono do letreiro
Após décadas de abandono, o letreiro começou a perder partes das letras
Após décadas de abandono, o letreiro começou a perder partes das letras - Foto: Bob Beecher

Após o término do período original de permanência das peças, o local ficou abandonado e quase foi totalmente destruído pela ação do tempo. Na década de 1970, as letras começaram a despencar morro abaixo e o governo local quase retirou o famoso letreiro, porém um grupo de milionários decidiu bancar a construção de um novo monumento igual ao antigo, no mesmo lugar. Na época, cada pessoa doou uma letra (que custava cerca de US$ 27,7 mil), entre elas o fundador da revista Playboy, Hugh Hefner. Ele foi o responsável pela doação do 'Y'. Atualmente, as imponentes letras contam com um fundo chamado 'Hollywood Sign Trust' que é responsável pela sua manutenção.
Ponto de suicídio
A busca desesperada pela fama não é uma novidade dos atuais reality shows. Em 1932, a atriz nova iorquina Peg Entwistle que estava depressiva por não alcançar um papel de destaque na indústria cinematográfica se suicidou no local. A jovem subiu no alto da letra 'H' e se jogou de mais de 14 metros de altura. Ironicamente, a tão sonhada fama veio somente após sua morte com diversos relatos de pessoas que afirmam terem visto seu espírito, no Monte Lee.
Hollyweed
A foto histórica mostra o trocadilho feito por Danny Finegood no famoso letreiro
A foto histórica mostra o trocadilho feito por Danny Finegood no famoso letreiro - Foto: Divulgação/Hollywood Sign Trust

Os anos 1970 foram dos hippies e nem o letreiro de Hollywood escapou. Em 1973, quando o governo local sancionou uma legislação mais branda para o uso da maconha, o monumento foi 'adaptado' para comemorar a conquista. Utilizando panos brancos e pretos, o ativista Danny Finegood subiu no letreiro e alterou sua escrita para "Holloweed". Em inglês, o termo 'weed' é utilizado para se referir a maconha. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual sua opinião sobre isso?