segunda-feira, 16 de março de 2015

COMPORTAMENTO: A MÍDIA TEM CULPA?

CULPAR A MÍDIA É MAIS FÁCIL
publicado em sociedade por Thais Moraes
 Midia-Digital.jpg
Nunca se falou tanto em alienação, manipulação, mídia comprada, pessoas adestradas pela mídia e etc. Mas você já tentou deixar de fazer parte dessa massa alienada?
É fato que o monopólio da mídia no Brasil existe e que, infelizmente, as informações veiculadas por ela partem de apenas 12 famílias. É fato também que, numa população de maioria pobre, os meios tradicionais (rádio, TV e impresso) sempre foram responsáveis por dizer à população sobre o que pensar, como pensar e até onde pensar.
Hoje, 2015, era da informação, novas plataformas midiáticas, novos meios, bombardeio de informação (boas e ruins, verídicas e falsas), interatividade, mais produtores de conteúdo, mais informação. A tecnologia rompeu a teoria passiva do emissor -> receptor, quebrou as redações dos jornais quando se pôde publicar algo de qualquer lugar, deu espaço para o leitor, telespectador e ouvinte dizer o que quer, como quer e quando quer.
papel-da-grande-midia-na-ditadura-brasileira.gif
Como tudo na vida, tudo tem o lado bom e ruim. Com a internet e o bombardeio de informações que recebemos diariamente, é necessário desenvolver um filtro que nos permita absorver conteúdo de qualidade e descartar o que há de ruim.
Quando eu disse que a tecnologia proporcionou mais produtores de conteúdo, quis dizer que qualquer um pode produzir e divulgar conteúdo. Contudo, esse “qualquer um” não é um profissional da comunicação, não conhece a ética jornalística, não possui bom conhecimento da língua portuguesa, não possui as técnicas de apuração e técnicas de texto e também não possui a agenda de contatos de um profissional. Com isso vemos notícias falsas, sensacionalistas, que não são de interesse público, etc.
Mas agora temos as ferramentas! Não podemos mais dizer que somos alienados, quando podemos escolher o que ouvimos/lemos/assistimos e quando também podemos falar. Cabe a nós construir o caminho para que o tipo de notícia que queremos chegue até nós. Cabe a nós conhecer os profissionais que fazem um bom trabalho e escolher receber conteúdo dele.
E foi isso que você fez para chegar nesse site e nesse artigo. Você pesquisou, usou os filtros disponíveis para encontrar conteúdo de seu interesse e, agora, está lendo. E nenhuma mídia tradicional te impediu disso, impediu?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual sua opinião sobre isso?