terça-feira, 18 de março de 2014

AR CONDICIONADO: CUIDE DE SUA SAÚDE, MANTENDO OS FILTROS LIMPOS

Mantenha seu ar-condicionado limpo e evite problemas de saúde
Filtro do aparelho deve ser higienizado, pelo menos, uma vez por mês
por Mateus Carvalho | Fonte: ZAP Imóveis
 
Ar-condicionado é um aparelho indispensável em regiões que predominam o calor (Fotos: Shutterstock)
Ar-condicionado é um aparelho indispensável em regiões que predominam o calor (Fotos: Shutterstock)

Durante os dias quentes o ar-condicionado se torna o principal companheiro das famílias. Em empresas, o aparelho é quase obrigatório. A falta de limpeza e higienização é um dos principais responsáveis pela proliferação de doenças respiratórias, alergias, irritações e disseminação de odores desagradáveis no ambiente.

Segundo o diretor da empresa especializada em limpeza de ar-condicionado Doutor Clima, Alessandro de Castro, o aparelho capta o ar do próprio ambiente e passa por um filtro, normalmente de nylon lavável, para deixar o ar mais fresco. E é aí que mora o perigo.
 
“O filtro retém parte da sujeira e, quando o aparelho seca, nós temos a umidade com sujeira e calor. Esse é o principal combustível para a criação de microrganismo”, afirma Castro.

Com a higienização, o ambiente climatizado fica mais saudável, reduz o custo de energia, prolonga a vida útil do equipamento e evita a queima de compressores e motores, que têm alto custo para conserto.

De acordo com Castro, o cuidado básico é fazer a lavagem do filtro de ar, apenas com água, pelo menos uma vez por mês. Para isso, não há necessidade de pagar uma empresa para a realização do serviço, já que é um trabalho simples e de fácil manuseio.

Para ter um ar-condicionado ainda mais limpo e livre de bactérias, o ideal é fazer a limpeza completa duas vezes por ano. O Doutor Clima desenvolveu um método, feito na própria casa do cliente, que esteriliza e elimina os fungos e bactérias que se criam em ar-condicionado.

“Nós aplicamos água e um produto bactericida, não vendido em mercado, que elimina esses microrganismos”, diz o diretor.
 
A limpeza do ar-condicionado é necessária para evitar problemas de saúde
A limpeza do ar-condicionado é necessária para evitar problemas de saúde

De acordo com Castro, para o modelo Split é necessário limpar o filtro, a serpentina, a bandeja de água, que depois que seca vira bolor, e o ventilador. A Doutor Clima cobra por uma limpeza completa, realizada em todas as marcas e em apenas 45 minutos, o valor de R$ 149. Já os aparelhos maiores, de empresas, tem o custo de R$ 349.

Veja algumas dicas básicas para melhorar a qualidade do ar em sua casa e, também, em ambientes de trabalho:

1 – Proibir o fumo em ambiente climatizado fechado;

2 – Melhorar a renovação do ar. Para isso, basta deixar frestas nas janelas para entrada de ar no ambiente. Este simples procedimento melhora a qualidade do ar e evita a proliferação de doenças no ambiente;

3 – Deixar copiadoras e impressoras a laser de grande porte em um lugar separado e com sistema de exaustão exclusivo;

4 – Melhorar os procedimentos de limpeza. É recomendado não varrer superfícies fixas. A melhor solução é aspirar carpetes e promover a limpeza dos ambientes com produtos anti-bactericidas;

5 – Evitar vasos com plantas em excesso, que podem trazer problemas. Plantas e terra úmida favorecem a infestação de microrganismo no ambiente;

6 – Não utilizar ar-condicionado em obras e reformas. É imprescindível isolar o aparelho com plástico para evitar sua contaminação;

7 – Corrigir vazamentos e infiltrações de água. Focos de umidade contribuem para a proliferação de microrganismo;

8 – Limpar e higienizar o sistema de ar-condicionado pelo menos uma vez por mês.

Saúde - É inegável que o ar-condicionado climatiza, evita malefícios e deixa o ambiente mais agradável, mas também pode ser o principal motivo para algumas doenças. As pessoas sensíveis têm alergia, coceira na pele, sinusite, bronquite, asma e irritação nos olhos. Segundo Ciro Kirchenchtejn, pneumologista da Unifesp, os ambientes climatizados se tornam mais secos.
Higienização completa deve ser feita duas vezes por ano, com o auxílio de profissionais da área
Higienização completa deve ser feita duas vezes por ano, com o auxílio de profissionais da área

“Isso pode secar os olhos e dar mucos na traqueia, garganta e nariz. Se a pessoa usa lentes de contato, por exemplo, ela precisa pingar mais colírio. O ideal é tomar bastante água para manter a hidratação das vias aéreas”, afirma o pneumologista.

É comum ver ar-condicionado em regiões predominantemente quente. Para dormir, Kirchenchtejn sugere o uso de soro fisiológico para hidratação do nariz, evitando a entrada de bactérias.

“A pessoa que tem doença respiratória, como asma e rinite, pode ter mais crises pelo choque térmico e ressecamento quando o ar não está bem filtrado”, diz Kirchenchtejn. Outra dica é deixar a temperatura regulada entre 20 e 22 graus para manter a umidade do ambiente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual sua opinião sobre isso?