quinta-feira, 17 de outubro de 2013

FACEBOOK E GOOGLE: IMPOSSÍVEL SE ESCONDER. VOCÊ SABIA?

Google e Facebook mudam políticas de privacidade; saiba como se 
proteger
Você já leu os termos de uso? É hora de prestar atenção nisso - mudanças têm impacto na forma como suas informações aparecem
por Tatiana de Mello Dias
 Editora Globo
(Foto: mlcastle/Flickr/Creative Commons)

Seja sincero: quantas vezes você leu os termos de uso dos serviços de internet que usa? Se você nunca fez isso, talvez essa seja a hora. Google e Facebook realizaram mudanças importantes em suas configurações de privacidade - agora é a hora de escolher, por exemplo, se você quer que o seu rosto apareça em propagandas na busca. Ou se você vai abrir parte da sua vida para desconhecidos no Facebook.
Já que nem todo mundo tem tempo para ler as letras miúdas dos termos de serviço, nós resolvemos facilitar: vamos explicar o que mudou e o que você pode fazer para proteger a sua privacidade daqui para frente.
Google: seu rosto nos anúncios
Se você é usuário dos serviços da empresa, já deve ter reparado em um aviso insistente que informa que ostermos de uso da empresa vão mudar. O que isso significa? Que, a partir de agora, suas informações serão usadas de outras maneiras - inclusive na publicidade. Assim:
Os +1s dos usuários já apareciam nas buscas (o recurso traz uma relevância social aos resultados: o que seus amigos gostam aparece antes), mas agora isso também acontecerá com conteúdo promocional. Funcionará assim: se você gostou de um restaurante e marcou isso publicamente, seu rosto irá aparecer no anúncio deste restaurante. A informação será divulgada com os contatos que você permitiu no Google+. 
É possível impedir que seu perfil seja usado em anúncios - menores de 18 anos também ficam de fora. Ao optar por isso, porém, você recebe um aviso: “seus amigos estarão menos sujeitos a se beneficiar de suas recomendações”. A escolha é sua. A mudança começa no dia 11 de novembro.
Facebook: impossível se esconder
A maior rede social do mundo também fez alterações em suas configurações de privacidade. De agora em diante, todos os perfis serão ‘buscáveis’ - antes, era possível se esconder e impedir que desconhecidos vissem o seu perfil. Hoje não. E a pessoa não precisa nem procurar pelo seu nome específico. Se ela procurar por pessoas que “trabalham na revista Galileu” na Graph Search, por exemplo, pode me encontrar. E agora é hora de definir o que você quer mostrar a todos.

Editora Globo
Todos os usuários terão acesso às suas informações públicas - portanto, é preciso ter um cuidado redobrado na hora de postar. Você sabe se os seus posts são visíveis apenas para os amigos ou são públicos? 

Veja bem: se quiser privacidade total, você terá de voltar ao passado e ver se os seus posts anteriores também são abertos só para os amigos.  Depois, veja se os seus posts futuros serão visíveis apenas para os amigos. Você também pode configurar isso manualmente em cada postagem - mas é mais fácil deixar a configuração pré-definida.
E vale lembrar: o único jeito de não ser encontrado por alguém é bloquear essa pessoa ou usar um nome falso no Facebook, prática que vai contra os termos de uso da empresa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual sua opinião sobre isso?